Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação.

1

Alternativas para custear a faculdade de Odontologia

Alternativas para custear a faculdade de Odontologia

Como vimos, mesmo os cursos de Odontologia mais baratos podem as vezes não caber no orçamento de boa parte da população brasileira.
Mas existem algumas opções para estudar em uma faculdade particular pagando bem menos que o valor normal ou ate mesmo de graça!
Prouni
Esse programa do governo federal oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em universidades particulares para brasileiros que ainda não têm diploma de nível superior.
Para se inscrever no Prouni é preciso ter feito a última edição do Enem (no ano anterior à inscrição no Prouni) com pontuação geral a partir de 450 e nota acima de zero na redação.
Existem ainda critérios de renda para a concessão das bolsas:
Bolsas de 100%. O candidato precisa ter renda familiar por pessoa de até um salário mínimo e meio.
Bolsas de 50%. A renda familiar máxima permitida por pessoa é de três salários mínimos.
Fies
O Fies é outro programa governamental, destinado à concessão de financiamentos de cursos superiores em instituições privadas. Na prática, o aluno financia as mensalidades para começar a pagar o montante só depois da formatura, a juros baixos ou zero.
Para se inscrever no Fies é necessário ter feito alguma edição do Enem a partir de 2010, com nota geral a partir de 450 pontos e sem ter zerado na redação.
O programa passou por uma reformulação recente e agora oferece duas modalidades de financiamento, de acordo com a renda familiar por pessoa do candidato.
O limite máximo de renda para concorrer a um financiamento é de até cinco salários mínimos por pessoa.
Como o Fies passa por reformulações frequentes, é importante consultar as regras vigentes antes de se inscrever.